terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Sapatos ao vento...


Depois do episódio da sapatada desvencilhada por um jornalista durante uma das últimas coletivas do ex-presidente norte-americano George W. Bush, que obteve repercussão internacional inclusive, os norte-americanos "pacifistas", como de costume afrontaram o ex-governante, só que dessa vez ao estilo "sapatista" de ser.
É, irônico não? Um neologismo com uma certa e sutil ligação à "zapatista", movimento inspirado na luta de Emiliano Zapata contra o governo de Porfírio Dias. Pois bem, a luta se repete remetendo à fúria popular em massa contra um regime de governo "autocrático" se assim podemos dizer. Só que dessa vez um ar de alívio paira no ar, enfim, os manifestantes gritam um "já basta" um tanto quanto satisfatório, conquistando enfim, a tão esperada vitória contra o grande inimigo.
É, Bush, dessa vez o sapato apertou mesmo pra você, mas se o problema de fato era a falta de sapatos, agora não é mais.

1 comentários:

Luciano 22 de janeiro de 2009 15:48  

Na verdade queria que o sapato tivesse pego mesmo de cheio nele!
Esse gesto do jornalista, foi simplismente, uma forma de expor seu sentimento diante de fatos tão injustos!
então, só espero que o ser humano aprenda com seus erros e seja uma pessoa melhor!
abraçO